Logo Qualidade
  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Associadas Felgueiras

Terras de Felgueiras, Caves Felgueiras, C.R.L.

Enviar por E-mail Versão para impressão

Nesta região, o associativismo agrícola remonta já ao ano de 1895, quando um grupo de homens ligados à terra tomou a iniciativa de criar um sindicato fazendo ver aos agricultores as vantagens duma associação onde melhor poderiam defender os seus interesses.

Em Maio de 1896 foi proposta a criação de uma Cooperativa Agrícola.
Em Março de 1916, aceite o oferecimento da Misericórdia, a sede do Sindicato foi instalada na casa de Vila Baia.

Em Abril de 1926 nova mudança, desta vez para as instalações da Cooperativa de Consumo "A Felgueirense".

Em Fevereiro de 1933 foi deliberado adquirir terreno no Campo da Feira. Também nesse ano o sindicato passou a designar-se "Cooperativa Agrícola Felgueirense, S.C.R.L".

Por alvará de 10 de Dezembro de 1940, fundou-se o "Grémio da Lavoura de Felgueiras".

Mas uma das principais preocupações do Agricultor do Entre Douro e Minho é, ainda hoje, a sua produção de uvas.

Por isso em 24 de Junho de 1957, cinquenta agricultores do Concelho fundaram a "ADEGA COOPERATIVA".

Instalações

Em 1978, da junção da Adega com a Cooperativa Agrícola resultou a actual Cooperativa Polivalente que passou a ter como finalidade "adquirir para fornecer aos seus associados tudo o que, directa ou indirectamente, tenha aplicação nas suas explorações agrícolas ou pecuárias, bem como promover a colocação nos mercados de consumo dos produtos provenientes das referidas explorações, de modo a obter a sua máxima valorização e o maior rendimento possível".E assim, com um âmbito de actuação alargado e para além da "Viticultura", a Cooperativa passou a dispôr das secções de "Gestão", "Leiteira", "Pecuária", "Defesa Sanitária" e , naturalmente, "Aprovisionamento e Escoamento de Produtos".

Com instalações apropriadas de grandes dimensões, para além dum amplo sector de armazenagem, aí foi possível instalar provisoriamente a Sede da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo.

E esse espaço desafogado veio ainda permitir a realização de "Feiras de Amostras" que confirmam a "Cooperativa Agrícola de Felgueiras - Caves Felgerias Rúbeas C.R.L.", como importante elemento dinamizador e factor de desenvolvimento não só do Concelho de Felgueiras como de toda a região do Vale do Sousa.

Vinhos Comercializados

Dois cachos de uvas integram o Brasão de Felgueiras, a mostrar como são, desde há muito, famosos os seus vinhos.
Zona de grande produção vitícola, a paisagem é tradicionalmente caracterizada pelo "enforcado", as árvores que rodeiam os campos e servem de suporte às vinhas trepadeiras.

Presentemente, por todo o lado se vêm modernas explorações reconvertidas aos novos sistemas de condução da vinha seja a "Cruzeta", ou o "Cordão", onde as castas tradicionais, desde o "Azal" ao "Loureiro" e ao "Trajadura", do "Avesso" ao rosado "Espadeiro", atingem o máximo da sua finura e um sabor fresco e levemente acidulado, ao gosto dos apreciadores de Vinho Verde e cada vez mais procurado por novos Consumidores.

Com mais de 6.200 Associados e uma laboração anual média superior a 5.000.000 litros , a "Cooperativa Agrícola de Felgueiras, Caves Felgerias Rúbeas, C.R.L.", é uma das maiores e mais antigas da Região Demarcada.Associada da VERCOOPE, a União das Adegas Cooperativas da Região dos Vinhos Verdes, que procede à comercialização dos seus vinhos, as marcas que coloca no mercado, designadamente "Cooperativa Agrícola de Felgueiras", "Azal da Lixa", "Felgerias Rúbeas" e o característico "Espadeiro" (Rosé), "Terras de Felgueiras" e Espumante "Terras de Felgueiras", estão disponíveis por todo o País, tanto nas pequenas lojas de bairro como nas grandes superfícies. Procurando preservar toda a frescura e a vivacidade características dos "Verdes", os vinhos da Cooperativa de Felgueiras servem-se como aperitivo, no intervalo das refeições e, sobretudo, como excelentes acompanhantes de uma gastronomia variada.

Se os Brancos ressaltam o sabor do marisco, dos peixes em geral e de muitas receitas de caça, como bem sabem os apreciadores da riquíssima culinária do Entre Douro e Minho, a maioria dos pratos de carne, como os rojões, a vitela ou as papas de sarrabulho, não dispensam a adstringência de um bom Verde tinto.
Leves e com pouco álcool, os Vinhos Verdes de Felgueiras, bebidos jovens e servidos frios são, antes do mais, um convite ao bem estar e ao convívio social.

Terras Felgueiras - Caves Felgueiras, CRL
Rua Tenente Coronel António Emílio Peixoto, 1258
Margaride
4610-213 FELGUEIRAS
Telefone: 255 312 666 - Fax: 255 312 668
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Pessoa a contactar: Engº Casimiro Alves

Orgãos Directivos - Quadriénio 2012/2015

Assembleia Geral

Júlio Manuel de Castro Lopes Faria
Dr. Abel José Tavares Mendonça
Dr.ª Maria de Fátima da Cunha Felgueiras Almeida

Direcção

Presidente - Eng. Casimiro José da Cunha Alves
Vice-Presidente - José Luis Marinho Martins
Vogal - Fernando Jorge Sousa Ribeiro
Vogal - Eng. Rui Manuel Monteiro Madeira Pinto
Vogal - Eng.ª Maria Manuela Oliveira Fonseca Sousa

Conselho Fiscal

Prof.ª Madalena de Jesus Silva
Prof. Adriano Magalhães Sampaio
José da Silva Ribeiro

 

Prémios



Copyright © 2017 Vercoope. Todos os direitos reservados.
Faixa publicitária